segunda-feira, 3 de setembro de 2007

A Origem

Agora é assim, em ritmo de radialista cherado de programa juvenil do meio dia que Fernando vai começar a mais verborrágica e dissidente descrição da criação do mundo, recomendada pela revista Times como uma das mais controversas e factíveis teorias!

Sabe tudo aquilo que você já escutou sobre a origem do homem e do mundo? Tudo balela! Essa história de criacionismo, teoria da evolução, caldo primordial ou coito metafísico são meras criações da mídia de massa para nos deixar aterrorizados e diminutos diantes das Era Geológicas, Deus, Diabo, Sheeva, Universo, e todos essas mentiras gigantescas que acachapam o ser humano como mero e insignificante observador bundão...no máximo nos colocam como estupradores da Terra, queimando aqui, jogando óleo acolá, sempre muito fanfarrões.

Sinceramente, quem aqui acha que seu pai mais longíquou era um macaquinho peralta e piolhento, justo você, um descende dos Orleans e Bragança? Ou que somos todos primos, assim como diz a Bíblia? Tá certo que isso justificaria o índice de retardamente mental do mundo, mas uma cara de cu geral denunciaria os rebentos do Éden! Uma filha da putagem generalizada.

Na verdade, na hora exata da criação eu não estava beemm aqui presente sabe? Em corpo e espírito, mas agora, no ínicio de uma nova era eu estou e me faço, bem aqui no olho do vórtice! A força daqueles fatos únicos que liberam força suficiente pra mexer o mundo, tirá-lo do eixo e dar uma sacudida se fez mais uma vez presente...Pode não explicar a criação, mas resume a força da mesma.

Foi ontem, aqui em São Paulo mesmo, num dos bairros mais tradicionais da capital paulistana...num estádio municipal o maior time de todos os tempos renegou o estigma também imposto pela imprensa e despertou uma nação.

Corinthians dois, Santos zero.

Essa é uma nova Era Geológica, um poderoso Corpo Supremo ou uma visível Entidade Celeste. Posso não saber como tudo começou, mas tenho certeza que Biro-Biro fez parte. Nos momentos de mudança pode-se perceber como tudo se fez, e tenho certeza que o chamado Big Bang foi uma bicaça do Viola, na gaveta.

Aproveitem e tirem o resto do dia de folga, mas absorvam o poder do instante e o reusem quando se virem acuados, menosprezados ou mesmo perdidos nessa falsa grandiosidade...Mas saiba que quando precisar um gavião irá guiá-lo, e aí cabe a você querer segui-lo ou não.


Um comentário:

Júlio disse...

Nova era são os DEZ jogos que o Rogério tá sem tomar gol. Como diria o Vitão: "Histórico!"