segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Marcel Marceau

Esse é o foda de ter milhões de informações e nenhuma ao mesmo tempo. Tente se dedicar a alguma coisa por mais que 15 minutos e um dia por semana. O resto desvanece, o mundo engole e coisas que não deveriam ficam pra trás.



Esse é Marcel Marceau, falecido mímico. E isso foi tudo que eu consegui descobrir. Segundo alguns, ele foi o último dos grandes, discípulo de Chaplin e Keaton, conseguiu perdurar o mimetismo em novos meios, em novas épocas, em novos palcos.

Espero que um dia eu também consiga falar com tanta convicção sobre alguma paixão, mesmo sendo tão sereno, sem um pingo de apatia.

2 comentários:

renato disse...

Boa homenagem.

Cotoco Nougueira disse...

A paix�o pode ser dizimada, distribu�da, t�o dividida quanto o dinheiro para shows, bar, festas e outras coisas mais.

Acho que alguns t�m paix�es profundas por uma coisa s� e outros podem ter v�rias paix�es por v�rias coisas.

Mas que que eu t� falando aqui se 1. eu n�o vi o filme porque t� no trampo e n�o poderei ver? e 2. Voc� nem deve ler coment�rios antigos, n�o � Fernand�o?